19 setembro 2010

Documento dos Nove




Manuel da Costa Brás  foi um dos primeiros signatários do Documento dos Nove.






Nota - Do coronel Costa Braz recebemos um comentário a propósito desta publicação sobre o Documento dos Nove, que dada a  importância histórica que lhe está subjacente, entendemos aqui transcrevê-lo. É o seguinte, o texto do antigo Alto Comissário Contra a Corrupção:

"Noutro qualquer lugar aparece explicado o porquê da designação de "Documento dos Nove": tantos foram os subscritores do seu primeiro exemplar no edifício do Estado Maior General da Forças Armadas, pois se fez questão de que assim fosse dada a particularidade do que com eles ocorria.Esse exemplar foi entregue ao PR, Gen Costa Gomes por um dos nove no dia 7 de Agosto de 1975, quanto tenho anotado.

Mas no mesmo momento uma cópia foi recheada de assinaturas sendo que as duas primeiras foram a minha e a de Amadeu Garcia dos Santos. No dia seguinte à entrega do primeiro exemplar, portanto em 8 de Agosto de 1975, fomos os dois repetir o acto de entrega e a manifestação de posicionamento com este segundo exemplar." 




Manuel da Costa Braz - 21 de Janeiro de 2011




1 comentário:

  1. Noutro qualque lugar aparece explicado o porquê da designação de "Documento dos Nove":tantos foram os subscritores do seu primeiro exemplar no edifício do Estado Maior General da Forças Armadas, pois se fez questão de que assim fosse dada a particularidade do que com eles ocorria.Esse exemplar foi entregue ao PR, Gen Costa Gomes por um dos nove no dia 7 de Agosto de 1975, quanto tenho anotado.
    Mas no mesmo momento uma cópia foi recheada de assinaturas sendo que as duas primeiras foram a minha e a de Amadeu Garcia dos Santos.No dia seguinte à entrega do primeiro exemplar,portanto em 8 de Agosto de 1975,fomos os dois repetir o acto de entrega e a manifestação de posicionamento com este segundo exemplar.

    ResponderEliminar